Header Ads

3 Feridas Emocionais do Passado que Impedem de Seguir em Frente


As pessoas dizem que o passado nunca para de acontecer e não estão erradas. Cada dia de nossas vidas é fruto do que carregamos nas costas. Não importa o quanto você esfregue sua consciência de coisas boas, elas ainda têm um impacto sobre quem você é hoje e quem será amanhã. É por isso que é tão importante curar feridas emocionais do passado.

As feridas emocionais do passado também são muito semelhantes às feridas físicas. Elas curam e depois cicatrizam. Elas deixam uma marca, mas nunca mais doem. Só que se você não tratá-las adequadamente, elas continuarão causando problemas. Elas podem reabrir ou até piorar.

“Quando você cura as memórias do seu passado, você começa a ver o presente de uma maneira diferente.” - [Tradução] Bernardo Stamateas 

Muita gente acha que basta esquecer o que aconteceu. Você simplesmente não pensa sobre isso ou faz nada sobre isso. Mas querer que isso seja verdade e tornar verdade são duas coisas diferentes. O fato é  que todas as suas feridas emocionais do passado permanecerão em sua mente inconsciente. Agora veremos três feridas emocionais que podem pairar sobre sua vida e arrastá-lo para baixo.

1. Feridas emocionais do passado relacionadas à autoestima

Há momentos em que seu amor próprio realmente fica em risco por causa de experiências anteriores. Todos os diferentes tipos de rejeição levam ao sofrimento. Não importa o que os causa. A verdade é que é um tipo de dor à qual nenhum de nós está imune.

Mas quando a rejeição é consistente, aconteceu em uma idade precoce ou vem de entes queridos, é quando você está lidando com uma ferida emocional difícil de curar. Provocação, humilhação, desvalorização, crítica constante e culpa injusta são todos realmente prejudiciais para quem está no lado receptor.

Golpes em seu amor-próprio são os tipos de feridas emocionais do passado que podem pesar sobre você por toda a vida. Existem alguns tipos que você nunca pode curar totalmente. Mas se você lidar com elas de maneira adequada, sempre poderá fazer a diferença. Elas não precisam diminuir sua autoconfiança, sua  assertividade e seu otimismo em relação à vida.

2. Feridas emocionais que têm a ver com independência

Feridas emocionais com um vínculo com a independência surgem em situações em que alguém o controla demais. Normalmente o que acontece é que alguém com poder sobre você usa esse poder arbitrariamente. Mas, ao fazerem isso, prejudicam muito o seu sentimento pessoal de independência.

Essas feridas vêm de quaisquer ações que tentem limitar sua liberdade e capacidade de tomar decisões. Elas acontecem quando alguém o corrige e pune regularmente, por motivos pouco claros. Elas também podem acontecer quando alguém desaprova constantemente ou faz você prestar contas nos mínimos detalhes. Por último, pode acontecer quando alguém o trata como um inútil ou incompetente.

Esses tipos de feridas emocionais do passado  podem fazer com que você tenha dificuldade em tomar iniciativas ou tomar decisões sobre certas coisas. Elas podem torná-lo submisso e passivo. Ou, por outro lado, podem torná-lo extremamente rebelde sem nenhuma razão óbvia para isso.

3. Feridas emocionais relacionadas à falta de afeto

As feridas emocionais mais pesadas do passado são as relacionadas à falta de afeto. Estas acontecem quando alguém foi abandonado, distanciado emocionalmente ou desligado. As principais pessoas que causam esses tipos de feridas são os pais. Eles fazem isso enquanto criam seus filhos. A verdade é que podem ter sido vítimas das mesmas coisas, mas depois repetem o ciclo com os filhos sem sequer perceber.

Feridas relacionadas à falta de afeto podem levar as pessoas a se sentirem extremamente sozinhas muitas vezes. Principalmente quando elas se sentem vulneráveis. Isso as faz pensar que ninguém as considera importantes. Também lhes dá a ideia de que ninguém as entende ou que ninguém as aceita.

Essas feridas por falta de afeto também podem ter consequências enormes para quem as sofre. A maior delas é que às vezes elas se tornam extremamente dependentes  dos outros. Elas têm uma necessidade constante de aprovação externa. Elas também tentam agradar a todos o tempo todo e, muitas vezes, se esquecem completamente de si mesmas. Seus humores também estão dispersos e sempre dependem da atitude das outras pessoas no momento.

Todas essas feridas emocionais do passado podem atrasá-lo na vida. Elas geralmente impedem você de crescer e evoluir em pelo menos um aspecto de sua personalidade. É por isso que é tão importante se adaptar às experiências passadas que têm um impacto tão grande em sua vida diária. É um processo que o levará por um caminho de reflexão sobre o que exatamente aconteceu e como isso o afetou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.