Header Ads

Saiba identificar suas crenças limitantes e superá-las


Se você se lembrar de suas primeiras memórias de infância, é provável que se lembre dos tempos em que você era destemido, quando a curiosidade o levava a lugares que você não ousaria ir agora.

No entanto, quando você começou a envelhecer, foi apresentado a você uma lista interminável de regras sobre o que deve dizer, como deve ser e o que deve fazer. Provavelmente, isso resultou na criação de crenças limitantes e talvez até mesmo em não perceber todo o seu potencial.

Embora você tenha que viver de acordo com algumas regras, é importante que você não esteja se impedindo de viver uma vida plena.

Se você sente que deseja atingir alturas maiores, mas está sendo seu próprio obstáculo, continue lendo. Este artigo explorará como você pode identificar suas crenças limitantes e superá-las.

O que são crenças limitantes?

Você já fez uma declaração como “Não sou bom em matemática” ou “Tenho dois pés esquerdos e nunca daria um bom dançarino”? Esses são exemplos de crenças limitantes que o colocam em um beco sem saída que você mesmo criou e, muitas vezes, o definem de maneira falsa.

Uma crença limitante é um estado de espírito, convicção ou crença que você pensa ser verdadeira e que o limita de alguma forma. Essa crença limitante pode ser sobre você, suas interações com outras pessoas ou com o mundo e como ele funciona.

As crenças limitantes pode ter vários efeitos negativos sobre você. Elas podem impedi-lo de fazer boas escolhas, aproveitar novas oportunidades ou alcançar seu potencial. Em última análise, as crenças limitantes podem mantê-lo preso a um estado mental negativo e impedi-lo de viver a vida que realmente deseja.

Causas de crenças limitantes

Agora que você entende o que são as crenças limitantes, você sabe o que as causa? De onde elas vêm e como influenciaram suas escolhas na vida?

Alguns argumentam que as pessoas não têm a mente aberta, pois nossos preconceitos inerentes nos levam a desejar apenas informações positivas e agradáveis.

No entanto, existem outras coisas que causam crenças limitantes, além de preconceitos inerentes e uma incapacidade de ter a mente aberta. Abaixo, você encontrará alguns com os quais pode se identificar.

Crenças da Família

Enquanto crescia, seus pais provavelmente tinham moral e valores que tentaram incutir em você. Frequentemente, isso se originava de suas próprias crenças e idéias familiares sobre como você e o mundo deveriam ser. Podem ser coisas como quais carreiras você deve seguir, como se comportar e como se relacionar com outras pessoas.

Você pode acabar formando suas próprias crenças limitantes com base nas crenças que seus pais incutiram em você. Um exemplo seria seus pais reforçando a crença de que a autoridade nunca deve ser desafiada.

Como resultado, você pode acreditar que o tratamento injusto de pessoas com autoridade é algo que deve ser aceito e não questionado. Você pode até não ser capaz de reconhecer esse comportamento.

Educação

A educação também desempenha um papel importante na formação de crenças limitantes. Esteja você aprendendo com a família, professores ou amigos, todos eles têm um impacto sobre o que você adota como verdade. Isso ocorre porque eles estão em uma posição de autoridade e compartilham constantemente informações, ideias e crenças sobre como o mundo funciona.

Quando você aprende com figuras de autoridade que você respeita, fica ainda mais inclinado a concluir que as coisas que elas dizem são verdadeiras.

Experiências

Quando você toma decisões ou tem experiências na vida, é comum tirar conclusões depois. Se, por exemplo, você se apaixonar e terminar em desgosto, poderá concluir que o amor sempre termina em dor.

Esses tipos de experiências negativas, em particular, podem moldar fortemente suas crenças limitantes. É importante lembrar que as conclusões a que você chega depois que experiências ruins acontecem são válidas apenas temporariamente.

Como identificar suas crenças limitantes

Então, como você identifica as crenças limitantes? Existem várias maneiras de fazer isso, e a maioria requer alguma reflexão pessoal.

Visto que elas podem não ser facilmente identificáveis, aqui estão alguns métodos que você pode tentar para trazê-las à superfície.

1. Identifique e anote suas crenças

Para identificar as crenças que o estão limitando, comece escrevendo suas crenças gerais.

Anote as crenças sobre qualquer coisa sobre a qual você tenha fortes sentimentos e que influencie sua vida diária. Agrupe-as em diferentes categorias, como finanças, família, relacionamentos ou saúde.

Depois de fazer isso, examine quais estão ajudando você a crescer e quais podem estar limitando você.

2. Avalie o seu comportamento

Outra abordagem que você pode adotar para identificar crenças limitantes seria avaliar seu comportamento.

Pense em cenários em que você agiu de forma negativa ou tóxica e pense por quê. Se você observar atentamente seus comportamentos tóxicos, poderá descobrir que a causa subjacente são as crenças limitantes.

Por exemplo, se você acha difícil falar o que pensa quando alguém o ofende, você pode ter a crença limitadora de que o conflito é ruim. Isso, por sua vez, pode impedi-lo de ter relacionamentos verdadeiramente íntimos, já que é incapaz de falar o que pensa e ter confrontos saudáveis.

3. Anote as áreas onde você se sente desafiado

Se você notou que tem desafios recorrentes em certas áreas de sua vida, isso pode ser um indicativo de crenças limitantes.

Talvez você não consiga um emprego bem pago ou nunca tenha sorte quando se trata de amor. Esses desafios podem ser simplesmente o subproduto de crenças errôneas que você adotou como verdades.

À medida que você passa por cada desafio que você escreve, também anote quais de suas crenças se referem a esse desafio. Portanto, se você está sempre lutando para ganhar dinheiro suficiente, descubra o que você pensa sobre dinheiro e como ele é acessível para você.

7 maneiras de superar crenças limitantes

A vantagem das crenças limitantes  é que você tem o poder de mudá-las a qualquer momento. Isso não significa que fazer isso será um processo fácil, mas o comprometimento e um maior nível de autoconsciência podem tornar isso possível.

As sugestões abaixo podem ajudá-lo a superar com sucesso quaisquer crenças limitantes que você tenha.

1. Organize seu ambiente

Acredite ou não, seu ambiente pode ter um efeito sobre suas crenças. Ter um ambiente bem organizado e espaçoso pode melhorar sua saúde mental e estimular o pensamento positivo. Quando seu ambiente está organizado, você tem espaço para pensar e obter mais clareza.

Para criar um ambiente melhor, livre-se de qualquer desordem que possa ter acumulado em casa. Você pode até redesenhar seu espaço para melhorar o fluxo.

Você pode até considerar o uso de práticas de feng shui. A premissa básica é canalizar o fluxo de energia colocando os objetos de uma determinada maneira.

É uma boa maneira de manter a energia positiva fluindo pela casa e se livrar das negativas. Esperançosamente, isso influenciará sua mentalidade e o ajudará a se concentrar em pensamentos e crenças positivas.

2. Experimente o minimalismo

Abraçar o minimalismo pode ajudá-lo a se livrar das falsas crenças que o estão impedindo.

Os fundamentos do minimalismo são clareza, honestidade e desapego das coisas materiais.

Por exemplo, se você descobrir que está viciado em bagunçar seu guarda-roupa com novos itens de roupa, pode ser por causa de crenças limitantes sobre sua aparência física. Um exemplo de tal crença seria “Não sou atraente, a menos que esteja usando a última moda”.

Vendo que o minimalismo tem tudo a ver com sua mentalidade e resistência à pressão dos colegas, isso pode ajudá-lo a reverter crenças limitantes e abraçar um estilo de vida mais significativo.

3. Explore mais

Como mencionado anteriormente, as crenças limitantes podem ser o resultado de ter a mente fechada. Para ajudar a abrir sua mente, aprenda a deixar a curiosidade conduzi-lo. Quando você cede à curiosidade, é mais provável que explore o mundo ao seu redor e saia de sua zona de conforto. O que isso pode fazer é ajudar a expandir sua mente e fazer com que você desafie suas crenças.

A curiosidade também cria oportunidades para você aprender sobre as crenças de outras pessoas e observar novas idéias. Algumas maneiras de explorar seria conversar com pessoas que têm experiências diferentes de você.

Viajar é outro método eficaz a ser experimentado, pois dá a você a chance de se envolver com diferentes culturas e modos de vida.

4. Aconselhamento

Se você está lutando para mudar suas crenças limitantes por conta própria, pode se beneficiar com a ajuda de um terapeuta ou conselheiro.

No caso de suas crenças limitantes estarem desencadeando outras condições, como ansiedade ou depressão, você pode ter ainda mais necessidade de procurar ajuda profissional. Isso ocorre porque os conselheiros e terapeutas têm os recursos e o conhecimento necessários para ajudá-lo a superar os desafios e viver uma vida mais satisfatória. Eles também podem ajudá-lo a rastrear crenças limitantes e fornecer as ferramentas de que você precisa para superá-las, como terapias cognitivo-comportamentais apoiadas pela gamificação.

A tecnologia tornou muito mais fácil obter aconselhamento e serviços relacionados à saúde. Isso ocorre porque você pode baixar aplicativos relacionados à saúde e entrar em contato com seu terapeuta ou conselheiro do conforto de seu telefone celular.

Também existem rastreadores de saúde mental que podem ser usados ​​para rastrear gatilhos de ansiedade, estados emocionais e seu progresso ao longo do tempo. Tudo isso faz com que você não esteja sozinho em sua jornada para eliminar as crenças limitantes.

5. Meditação

As crenças geralmente se originam dos pensamentos de outras pessoas que se intrometem nos nossos próprios, então lidar com seus próprios pensamentos pode ajudá-lo a mudar as crenças negativas.

Para ter mais controle sobre seus pensamentos, tire alguns minutos por dia para meditar. Ao meditar, você liberta sua mente de pensamentos e idéias negativas ou indesejadas.

O objetivo da meditação deve ser deixar os pensamentos passarem por sua mente, sem se envolver com eles.

A meditação o ajuda a acalmar sua mente e se conectar com seu eu interior. Depois de conseguir superar toda a desordem em sua cabeça, você pode se concentrar nas crenças positivas que deseja adotar.

Com o tempo, essas crenças podem substituir as negativas. Antes que você perceba, sua mente estará repleta de crenças positivas que o ajudam a se tornar a melhor versão de si mesmo.

6. Desenvolvimento Pessoal

Se quiser crenças melhores para guiar seu pensamento e escolhas, você precisa trabalhar em si mesmo. Isso significa buscar ativamente oportunidades de desenvolvimento e crescimento em todos os aspectos de sua vida.

O autoaperfeiçoamento é importante porque pode aumentar a autoconsciência e ajudá-lo a superar as fraquezas. Como isso requer ações, você é forçado a fazer algo a respeito de suas crenças limitantes, em vez de esperar que elas desapareçam por mágica.

Maneiras de se desenvolver incluem:

  • Ler livros de autores que compartilham o tipo de crenças que você espera ter.
  • Os podcasts também são uma ótima maneira de consumir informações que podem torná-lo melhor.
  • Estabeleça metas práticas para que você possa medir seu crescimento.
  • O diário pode ajudá-lo a monitorar seu progresso, especialmente quando se trata de seus pensamentos e crenças.

7. Afirmações Positivas

Se você luta contra a baixa autoestima, pode ser difícil estabelecer crenças positivas. No entanto, as afirmações positivas são uma ótima maneira de ajudar a melhorar sua autoestima. Elas o forçam a falar sobre você de uma forma positiva e, com sorte, com o tempo, você começará a acreditar em suas afirmações.

Se você tem crenças limitantes sobre como você é adorável, isso pode limitar sua capacidade de atrair pessoas amorosas e gentis para sua vida.

Para ajudar a mudar essa crença, você pode escrever uma afirmação que diga “Eu sou valioso, incrível e amável”. Dizer isso todos os dias pode ajudar a aumentar sua autoestima com o tempo.

Suas afirmações positivas também devem celebrar seus pontos fortes. Use seus sucessos e pontos fortes para escrever afirmações que o lembrem de como você é incrível. Isso também pode lhe dar a coragem de que você precisa para se esforçar e realizar mais.

Considerações finais

O mundo está cheio de crenças e, enquanto houver diferentes tipos de pessoas, isso não mudará. No entanto, você precisa descobrir quais crenças o ajudam a viver a vida com que sempre sonhou.

Todas as crenças que o impedem de viver essa vida são limitantes e das quais você deve se livrar. Ao fazer isso, você se dá a chance de criar uma vida que supera suas expectativas.

Fonte

Sobre o Autor:
Luciana Costa Escritora, Coach e Terapeuta holístico. Especialista em Terapia Quântica, Autoconhecimento e Lei da Atração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.