Header Ads

4 sinais de uma pessoa insegura


É bastante comum que pessoas inseguras escondam suas preocupações e medos por trás de uma atitude de segurança fingida, que tende a fazer com que os outros se sintam inferiores. Isso não é falta de humildade, mas sim o que o psicólogo austríaco Alfred Adler(1870-1937) chamou de complexo de inferioridade. Não é por acaso que muitas vezes encontramos uma pessoa insegura por trás da máscara de um complexo de inferioridade.

Segundo Adler, as pessoas que se sentem inferiores tentam compensar esse sentimento por meio do que ele chama de luta pela superioridade. A única maneira de essas pessoas enfrentarem a incerteza de suas habilidades e se sentirem bem consigo mesmas é tornando os outros infelizes. Para Adler, essa luta pela superioridade está no cerne de sua neurose.

Insegurança e narcisismo

Hoje, acredita-se que essa luta pela superioridade é uma característica do transtorno de personalidade narcisista. Isso envolve um  desvio do desenvolvimento normal da personalidade, traduzindo-se em uma pessoa que busca constantemente elevar sua autoestima.

No narcisismo, podemos encontrar dois tipos de padrões: o grandioso e o vulnerável. O narcisista grandioso é caracterizado por sua extroversão, seu domínio e sua busca por atenção. O narcisista vulnerável, por outro lado, é muito sensível à crítica ou à frustração, a tal ponto que a crítica pode acabar obcecando sua mente. Além disso, suas relações sociais se deterioram devido à sua pretensão e necessidade constante de admiração.

Em qualquer um desses dois casos, quando você está lidando com alguém que está fazendo você se sentir inferior, é muito provável que o narcisismo e a falta de autoestima sejam os verdadeiros culpados. Na verdade, embora o narcisismo nem sempre atinja níveis patológicos, é muito comum.

Autoestima e narcisismo

Alguns pesquisadores acreditam que o narcisismo pode ser mais bem caracterizado usando os conceitos de narcisismo aberto e narcisismo velado, em vez de narcisismo grandioso e narcisismo vulnerável. O tratamento varia de acordo com o tipo que a pessoa está apresentando.

O psicólogo James Brookes, da University of Derby (Reino Unido), decidiu investigar como as pessoas com forte tendência narcísica se viam em termos de autoestima, sua própria eficiência e confiança em sua capacidade de ter sucesso. Usando uma amostra de estudantes universitários, Brookes analisou a relação entre narcisismo aberto e velado, autoestima e eficiência.

Traços narcisistas que denunciam uma pessoa insegura

O estudo fornece alguns indícios que ajudam a definir uma personalidade narcisista e que podem nos dar uma ideia de como podemos interpretar as ações dos narcisistas como evidência de suas inseguranças.

1. Pessoas inseguras tentam fazer você se sentir inseguro

Você costuma questionar seu próprio valor quando está com uma certa pessoa? Essa pessoa está sempre falando sobre seus próprios pontos fortes? Se você é uma pessoa que geralmente não se sente insegura, mas que começa a ter dúvidas ou a se sentir inferiorizada quando está perto de certas pessoas, é muito provável que essas pessoas estejam projetando suas inseguranças em você.

2. Pessoas inseguras precisam mostrar suas realizações

Nem sempre é necessário que uma pessoa insegura se reforce por meio de comportamentos que levem outra pessoa a se sentir insegura. Muitas vezes, basta que pessoas inseguras se vangloriem de seu ótimo estilo de vida, de sua educação incrível ou de como sua família é fantástica. Essa é a maneira de se convencerem de que realmente têm valor.

3. Pessoas inseguras falam sobre sua própria humildade com muita frequência

Presumir que você é humilde é uma maneira velada de se destacar, de fazer os outros se sentirem inferiores e de se tornar melhor do que os outros. Exagerar na humildade afasta as pessoas inseguras.

4. Pessoas inseguras tendem a reclamar de coisas que não são boas o suficiente

Pessoas com um grande complexo de inferioridade não sentem que têm o suficiente para serem felizes. Por se sentirem inseguras no presente, elas se concentram em objetivos muito elevados. Elas são obcecadas com o prestígio, ganhando notoriedade aos olhos dos outros. Dessa forma, mostram sua superioridade por meio de objetivos supostamente superiores, que acabarão reforçando sua insegurança quando não os atingirem.

Ser capaz de detectar a insegurança nas pessoas ao seu redor pode ajudá-lo a eliminar todas as dúvidas sobre sua própria imagem e suas próprias habilidades. Desse modo, você poderá sanar as dúvidas que as pessoas inseguras lhe incutem para que se sintam melhor consigo mesmas.

Não ceder a essas dúvidas pode ajudá-lo a cultivar sentimentos de realização, tanto em você mesmo quanto nas pessoas inseguras que você tem ao seu redor. O complexo de inferioridade dessas pessoas não vai melhorar enquanto você se sentir inferior, mas sim, é apenas uma correção passageira. No entanto, pode causar uma ferida profunda que é difícil de curar.

Não deixe que os outros pisem em você. Basta que você não leve a sério o que essas pessoas lhe dizem. Não assuma uma posição defensiva de autocrítica. Em vez disso, mostre compaixão por essas pessoas que já têm problemas suficientes.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.