Header Ads

Comunicação Assertiva com Sua Família


A comunicação é a base para um bom relacionamento com sua família. Mas, como você pode fazer com que sua família ouça você? É mais fácil do que você imagina! Estabelecer comunicação assertiva com sua família é mais do que possível.

A comunicação assertiva dentro de sua família significa expressar opiniões de forma consciente, clara, direta e equilibrada. Seu objetivo é comunicar suas ideias e sentimentos sem ferir ou prejudicar outras pessoas.

É essencial comunicar-se de forma assertiva com sua família para fortalecer seus relacionamentos. Uma boa comunicação reflete laços saudáveis, respeito mútuo, amor, afeto e companheirismo.

A comunicação assertiva com sua família é saudável

Você já esteve em uma situação em que deveria ter dito algo, mas não disse? Talvez você estivesse apenas sendo passivo. Pelo contrário, você já disse algo e depois se sentiu mal porque agiu como um idiota? Você sentiu que os outros não podiam dizer o que realmente pensavam sobre sua atitude? Nesse caso, você pode ter sido agressivo.

Existem três estilos principais de comunicação:

Comunicação passiva é quando um dos membros não expõe suas preocupações, fala em um tom de voz baixo ou aceita as coisas sem realmente entender o que está sendo pedido a ele. Essa forma passiva leva a um relacionamento desigual. Leva à baixa autoestima e não promove vínculos afetivos saudáveis.

O segundo estilo de comunicação, o agressivo, é caracterizado por mensagens confusas, gritos, repreensões e até insultos. Da mesma forma, esse tipo de comunicação promove distanciamento emocional dos demais familiares, pois gera rejeição, medo e ressentimento. Além disso, é uma forma de violência emocional.

Por fim, a forma assertiva é a mais recomendada, pois implica respeito, diálogo e negociação. Também fortalece os laços familiares em um contexto de respeito e confiança e promove a autoestima saudável nas crianças.

Benefícios da comunicação assertiva com sua família

O desenvolvimento de uma comunicação assertiva terá um efeito positivo em sua saúde emocional e mental. Além disso, permitirá que você veja a realidade com mais clareza e estabeleça relacionamentos sólidos com seus familiares.

Aqui estão alguns de seus benefícios:

  • Leva a menos estresse.
  • Melhora suas habilidades sociais e pessoais.
  • Ajuda você a controlar melhor suas emoções para que você não aja por raiva.
  • Essa comunicação ajuda a melhorar sua autoestima.
  • Ajuda você a entender melhor suas emoções.
  • Isso leva ao respeito próprio e também o ajuda a ganhar o respeito das outras pessoas.
  • Você obterá satisfação pessoal.
  • Isso vai melhorar suas habilidades de tomada de decisão.

Comunicando-se com sua família

Algumas das chaves para promover uma comunicação assertiva com sua família são:

1. Não faça comparações

Os pais sempre comparam seus filhos a outros para apontar seus erros ou deficiências ou para manipulá-los de alguma outra forma. Por exemplo, “João, você não terminou sua refeição. Você deveria ser mais como Maria, que comeu toda a comida em seu prato.”

Isso gera insegurança e sentimentos de inferioridade, ressentimento e competitividade doentia. Além disso, sempre existe o perigo de que uma pessoa que é frequentemente comparada a outras acabe acreditando nessas comparações e sempre se compare a outras pessoas.

Se você não injetar autoconfiança em seus filhos, eles não serão capazes de se comunicar de forma assertiva.

Cada criança, cada pessoa, é única. Portanto, as comparações são injustas. Cada pessoa age sob circunstâncias específicas.

2. Seja empático

A comunicação assertiva começa com respeito aos outros. Antes de falar com seus filhos, pare um pouco para pensar no que você vai dizer a eles e como vai fazer isso, especialmente quando a mensagem que você deseja transmitir é importante e você quer que ela fique gravada na mente deles.

Você também deve inspirar empatia pelos outros. Se todos os membros da família buscarem compreender como todos pensam e sentem, será mais fácil ter um diálogo saudável.

3. Peça uma opinião

Uma educação autoritária limita a comunicação assertiva porque os pais estão no comando e os filhos apenas obedecem. Não permitir que os filhos se expressem quando se trata de decisões que os afetam ou a família como um todo é uma forma de dizer a eles que sua opinião não importa.

Deixe seus filhos participarem e terem voz. Dessa forma, eles desenvolverão sua autoconfiança e saberão que seu ponto de vista é importante para você.

4. Expresse-se

Você não pode esperar que seus filhos expressem seus sentimentos e pensamentos se você não o fizer. Conte a eles sobre seu dia, suas preocupações e seus interesses. Da mesma forma, preste atenção e ouça com atenção quando eles tiverem algo a lhe dizer.

Se você acha que eles estão errados, dê-lhes conselhos em vez de julgá-los e repreendê-los. Nunca os castigue por dizerem a verdade ou por serem honestos. Você deseja que seus filhos confiem e compartilhem suas preocupações com você.

É claro que ser compreensivo não significa que você deva parar de corrigi-los. Nesse sentido, não se esqueça de que fazer isso os ajuda a aprender com seus erros, para que não os repitam.

Lembre-se de que muitas lições são aprendidas por meio de bons modelos. Seja o primeiro a incutir um estilo de comunicação assertivo para que todos em sua família aprendam pelo exemplo.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.