Header Ads

Jogos de quebra-cabeça ampliam seu potencial


Todo mundo sabe que o exercício físico é bom para a saúde. Além disso, os especialistas recomendam atividades físicas diárias, especialmente se você não tiver mais de vinte anos.

Mas e o cérebro?

Afinal, a máquina sofisticada que vive em nossos crânios é o principal condutor (e criador) de nossos pensamentos, crenças e motivações. Então, por que não colocamos tanto cuidado em treinar nossos cérebros quanto colocamos em conseguir aquela barriga de tanquinho?

De acordo com pesquisadores e especialistas em saúde treinados em Harvard, o cérebro também precisa de treinamento para crescer e melhorar.

Nosso cérebro tem a capacidade de criar novas conexões e crescer, mas somente se o desafiarmos com atividades novas e complexas. Além disso, por meio do treinamento, a mente se torna mais aguçada e confiável à medida que envelhecemos, e o risco de doenças neurodegenerativas, como Alzheimer ou demência, diminui.

Felizmente, o treinamento cerebral nem sempre é para resolver problemas ou aprender atividades novas e complexas. Atividades criativas como pintar, escrever ou aprender um idioma são igualmente eficientes.

Além disso, se você quiser melhorar o foco, o raciocínio lógico e se divertir ao mesmo tempo, experimente jogos de quebra-cabeça – tanto nos formatos online quanto offline.

A oferta é incrivelmente variada e você pode escolher designs para toda a família ou quebra-cabeças para desfrutar sozinho (palavras cruzadas, Sudoku ou um quebra-cabeças simples)

Como os jogos de quebra-cabeça melhoram o foco e o potencial

Os quebra-cabeças não são apenas divertidos e desafiadores, eles também são incrivelmente úteis para muitas atividades relacionadas ao cérebro.

Envolve áreas de ambos os hemisférios

A ciência nos diz que os dois hemisférios do cérebro têm funções diferentes. A parte esquerda abriga as áreas usadas para o pensamento lógico e analítico, enquanto a parte direita é sobre criatividade e comunicação.

Agora, um jogo de quebra-cabeça com um componente visual tem o potencial de envolver os dois hemisférios, colocando seu cérebro em ação.

Por um lado, você tentará encontrar a lógica por trás do quebra-cabeça e, por outro lado, tentará montar o visual e encontrar padrões baseados em cores e arranjos.

Vamos usar os caça-palavras, por exemplo. São quebra-cabeças que escondem palavras à vista de todos e pedem ao jogador que encontre todas as palavras com base em padrões específicos. Ao jogar, você tem a chance de melhorar a acuidade visual e as habilidades de reconhecimento de padrões.

Melhor foco e memória

Na era dos smartphones e das redes sociais, o cérebro é estimulado onde quer que você olhe (por meio de anúncios, conteúdo, mensagens promocionais e muito mais). Como resultado, nossa atenção é menor a cada geração e não é incomum se distrair enquanto trabalha ou realiza outras tarefas.

Ao jogar quebra-cabeças, você atualiza as conexões neuronais responsivas com memória de curto prazo e treina sua capacidade de se concentrar em uma tarefa de cada vez (a multitarefa não é real, é apenas a maneira moderna de garantir que você fique distraído).

Melhor solução de problemas

Os quebra-cabeças também nos ensinam a adotar abordagens diferentes, mudar nosso ponto de vista e encontrar novos padrões e como trabalhar por tentativa e erro.

Jogos de quebra-cabeça como Sudoku, xadrez ou até mesmo o Cubo de Rubik são incríveis para melhorar o pensamento crítico e a formulação e teste de teorias.

Maior pontuação de QI

Quebra-cabeças ajudam a melhorar a memória e o foco, a acuidade visual e o raciocínio espacial, além de ajudá-lo a manter o foco na tarefa em mãos.

Todos esses são fatores que influenciam os resultados da pontuação de QI, então você pode ficar mais esperto (pelo menos em termos de QI) jogando jogos de quebra-cabeça.

Em resumo, os quebra-cabeças são um treino cerebral divertido e eficiente, desde que você continue gostando deles. Assim como o corpo, o cérebro precisa de exercícios constantes para se manter afiado.


Sobre o Autor:
Luciana Costa Escritora, Coach e Terapeuta holístico. Especialista em Terapia Quântica, Autoconhecimento e Lei da Atração.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.